Ao Vivo

Projeto Meros do Brasil busca sensibilizar a população sobre o meio ambiente

EU ESCOLHI A DANÇA

DOCUMENTÁRIO MEU ARMÁRIO NÃO TEM CHAVE

Programa Blog do Baxo entrevista a dupla Breno e Caio Cesar e o cantor Thiaguinho

img

ESPORTES

Meia Maratona de São José trouxe esporte e inclusão para as ruas da cidade

Publicado em 13/03/2018 - 14:22:00

O evento, realizado no último sábado (10), reuniu mais de 3 mil atletas para os percursos de 21k, 10k e 5k, além de caminhada de 2k, realizados ao entardecer. Projeto Sexto Sentido e do Instituto Paulo Escobar levaram 55 portadores de necessidades especiais para a corrida


Fabrício Jachowicz
Meia Maratona de São José trouxe esporte e inclusão para as ruas da cidade

Dos mais de 3 mil atletas que cruzaram a linha de chegada da Meia Maratona de São José (SC), 55 deles viveram esta experiência de forma única: são portadores de necessidades especiais – cadeirantes, deficientes visuais e intelectuais – que percorreram as ruas através de corredores-guia. Isto só foi possível graças à parceria da Corre Brasil, organizadora do evento, com o Projeto Sexto Sentido e o Instituto Paulo Escobar.

O início da corrida aconteceu às 17h55min, com a saída dos atletas portadores de necessidades especiais. Logo após, foi a vez dos corredores dos 21k, 10k e 5k largarem. Por último, às 18h15min, os caminhantes que percorreram os 2k. Em pouco menos de 20 minutos de prova, os primeiros participantes já começaram a despontar na reta final do trajeto. Ao cruzar a linha de chegada, comemorações e sorrisos. “A sensação de vitória é inexplicável. É o resultado de um trabalho que exige muito sacrifício”, disse Leandro Marcelino de Oliveira, de Rio do Sul (SC), vencedor da categoria geral masculino da meia maratona (21k), com o tempo de 1h11min12s. 

Já a primeira colocada dos 21k no feminino foi recebida com muitos aplausos. Atleta de São José (SC), Ana Claudia Maria de Jesus comentou que participar de uma corrida noturna foi uma experiência bem diferente. “A prova foi muito boa, bem organizada. O fato de ter sito à noite ajudou na questão do clima, pois não estava tão quente. Deu tudo certo e estou feliz com a vitória em casa”, afirmou. Ela completou a prova em 1h26min59s.