img

ESPORTES

Marcelo Demoliner ? o campe?o do Aberto de T?nis de Santa Catarina

Publicado em 17/05/2009

O tenista ga?cho Marcelo Demoliner, 20 anos, venceu neste domingo a quarta edi??o do Aberto de T?nis de Santa Catarina, torneio challenger v?lido pelo ranking mundial da ATP (Associa??o dos Tenistas Profissionais) realizado nas quadras do Tabajara T?nis Clube, em Blumenau.


Cristiano Andujar/Divulga?
Marcelo Demoliner ? o campe?o do Aberto de T?nis de Santa Catarina

Demoliner: campe?o e mais 75 pontos no ranking da ATP


Na decisão, ele derrotou o paulista Rogério Silva, 25 anos, por 2 sets a 0, parciais de 6/1 e 6/0, em 58 minutos. Atual número 398 do ranking, o atleta do Instituto Gaúcho de Tênis (IGT) recebeu 75 pontos pelo título e deverá figurar entre os 300 melhores do mundo. O resultado valeu também um prêmio de US$ 5 mil. O vice-campeão somou 45 pontos e uma premiação de US$ 3 mil. Na chave de duplas, Demoliner também sentiu o gosto da vitória. Ele e o companheiro de treinos no IGT, Rodrigo Guidolin, venceram Rogério Silva e Júlio Silva por 7/5, 4/6 e 13/11, em partida disputada ainda no sábado à noite. O Aberto de Tênis de Santa Catarina homenageou os 180 anos de imigração alemã no Estado e os 150 anos do Tabajara Tênis Clube. 
 <br> <br>
O resultado obtido por Demoliner diante de Rogério Silva mereceu aplausos das cerca de duas mil pessoas presentes à estrutura montada junto à quadra central do Tabajara Tênis Clube. Perdendo apenas um game, o tenista gaúcho demonstrou determinação desde o primeiro ponto, marcado com um ace. "O saque foi determinante, pois consegui comandar os pontos. Mas o resultado não diz o que foi o jogo dentro de quadra. A tensão era muito grande e acho que consegui manejar melhor esta situação", disse o campeão.
  <br> <br>
Sua primeira atitude após a conquista foi ligar para o seu técnico, Eduardo Frick, que precisou retornar a Porto Alegre. "Dedico este título a ele, a toda a equipe do IGT e à minha família. Mas sei que preciso manter a humildade, ter os pés no chão e continuar trabalhando muito, pois ainda tenho muito a conquistar", avaliou Demoliner, que disputará a partir de terça-feira um torneio future em Uberlândia e, na sequência, outro evento em Ribeirão Preto. "Depois, vou ver esta questão de calendário, pois com esta subida no ranking consigo entrar em alguns challengers".
  <br> <br>
Rogério Silva, por sua vez, admitiu a superioridade do tenista gaúcho. "Não consegui começar bem o jogo, senti o cansaço da semana, mas o mérito foi todo dele. Não tem muito o que falar. Parabéns ao Demoliner pela semana fantástica e que ele continue evoluindo ainda mais", disse o jogador paulista, que nas próximas semanas viaja para disputar torneios na Europa.