Nome:

Email:
Mensagem:

ECONOMIA

Catarinenses têm menos dívidas e inadimplência cai no estado

Publicado em 07/08/2012 às 18:44:15

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor em Santa Catarina, realizada pela Fecomércio e Confederação Nacional do Comércio, apontou que tanto as compras parceladas quanto as dívidas em atraso tiveram queda no estado no mês de julho.

Fonte: Fecomércio


Catarinenses têm menos dívidas e inadimplência cai no estado


 

O atual percentual de famílias com contas a pagar em Santa Catarina é de 85,9%. Redução tanto na comparação com o mês imediatamente anterior (86,9%) quanto na comparação com julho de 2011 (92,5%). Quanto à inadimplência, o movimento foi ainda mais descendente: de 20,2% em junho para 16% em julho. No mesmo período do ano passado, o índice estava em 25,4%.

Para a Fecomércio, explicam tal patamar: o aumento da renda das famílias; a preocupação em pagar dívidas antigas em vez de adquirir novas; e ainda as melhores condições de pagamento da economia brasileira, com menores taxas de juros e maiores prazos de pagamento.

Na avaliação da Fecomércio esta condição modifica o cenário do endividamento familiar no estado e possibilita às famílias a recuperação do consumo baseado no crédito neste segundo semestre. Assim, é provável que este incentivo à atividade econômica gere expansão das vendas através da contração segura de novas dívidas, de acordo com as expectativas do setor empresarial para este ano.

Endividamento

A parcela de famílias com compras a prazo caiu pelo segundo mês consecutivo no estado. De 88,2% em maio para 86,9% em junho, chegando aos 85,9% em julho.

Na análise por faixa de renda o comportamento é bastante semelhante. Nas famílias com rendimento menor a dez salários mínimos 86,3% possuem dívidas a pagar. Nos lares com renda superior aos 10 salários mínimos o percentual é de 84,8%.

A variação do ‘nível das novas dívidas’ em julho também demonstra a saúde financeira dos consumidores. Em julho do ano passado o percentual de famílias com muitas dívidas era de 50,8% e no mês passado foi de 44,9%. Atualmente está em 42,7%. Os mais ou menos endividados eram 50,8% em julho de 2011 e 31,9% no mês passado. Agora são 33,1%. Os que mantêm poucas contas a pagar eram 9,6% no mesmo período do ano passado; 10,1% em junho e no momento são 10,2%. Também é considerável o percentual de famílias que não possui compras parceladas a quitar: 14,1%.

Uma das principais fontes geradoras de compras a prazo são os bens duráveis. De valor mais elevado, geralmente são adquiridos através de parcelamento. Com a diminuição das novas dívidas nas famílias catarinenses, houve também queda na venda de automóveis, por exemplo. Em junho o financiamento de carros representava 20,1% dos compromissos financeiros familiares. Agora são 15,2%.

Em contrapartida, novamente o cartão de crédito ganhou força. Ele é o principal meio de pagamento a prazo das famílias no estado. Em julho ele é responsável por 70,1% das contas a pagar. Acréscimo de 11% em sua participação em relação a junho. Completam o quadro os financiamentos de imóveis (6,4%) e os carnês (5,7%).

O tempo de comprometimento com o pagamento das contas ficou estável na comparação mensal. Em junho o tempo médio era de 5,1 meses. Em julho são 5,2 meses. A maioria das famílias do estado também declarou estar comprometida com parcelas de menos de três meses (57,1%). Na sequência aparecem as famílias com comprometimento maior do que um ano (27,1%); entre seis meses e um ano (8,4%); e entre três e seis meses (7,4%).

Para quitar as parcelas adquiridas, as famílias de Santa Catarina disseram ter em julho grau de comprometimento médio de 29,3% de sua renda familiar, superior aos 28% de junho. Aqui, a Fecomércio avalia que, apesar do leve crescimento mensal, o grau de comprometimento com as dívidas ainda é seguro. O que torna muito remota a possibilidade dessas famílias endividadas se tornarem inadimplentes.

Inadimplência

Se a redução do endividamento chama atenção, a forte queda do percentual de famílias inadimplentes é também bastante relevante. O percentual de famílias catarinenses com contas em atraso caiu de 20,2% em junho e de 25,5% em julho de 2011 para 16% em julho deste ano, indicando que as famílias estão mais moderadas na busca pelo crédito. O que gera até mesmo maior segurança às empresas para expandir o crédito ao consumidor.

Das famílias com renda maior que dez salários mínimos, apenas 8,4% têm contas em atraso. Nas famílias com rendimento inferior a inadimplência é de 17,9%. Ainda o percentual de famílias inadimplentes que afirmou que vai pagar a totalidade das suas dívidas atrasadas cresceu de 32,1% em junho para 45,5% em julho, mostrando que os próximos meses podem registrar novas quedas da inadimplência. O percentual daqueles que afirmaram que não conseguirão pagar suas dívidas ficou em 26,8%. Melhor patamar do que os 34,9% registrados em junho. Completam a análise os 27,7% que pagarão parte de suas contas atrasadas.

Em relação ao tempo médio de atraso das contas, em julho também houve melhora mensal: em média 59,2 dias. Resultado melhor que o tempo médio registrado anteriormente (61 dias), sugerindo que os atrasos de prazo mais longo foram os mais quitados no mês de julho.

Também melhorou o percentual de famílias que não terão condições de pagar suas dívidas no futuro próximo. Em junho eram 7% e em julho o percentual foi aos 4,3%. Resultado bastante inferior aos 8,1% de julho do ano anterior.

Catarinenses têm menos dívidas e inadimplência cai no estado







FCBadesc apresenta Mostra Desenho de monstro

02/09 | Cultura
Idealizada por Adriana Maria dos Santos, a coletiva aborda o monstro como ícone de referência.

Diretor do Cena 11 apresenta espetáculo solo no Teatro Pedro Ivo

02/09 | Cultura
O coreógrafo e diretor do Grupo Cena 11 Alejandro Ahmed leva para o Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis, nesta sexta-feira (04/09) e sábado (05/09) o trabalho solo Sobre Expectativas e Promessas.

Samsung anuncia o lançamento do Samsung Gear S2

02/09 | Tecnologia
A Samsung Electronics Co., Ltd. anuncia o lançamento do smartwatch Samsung Gear S2, última novidade da empresa após anos de inovação contínua na área de dispositivos wearables.

Exposição em Florianópolis mostra criatividade dos cursos de Design

02/09 | Variedades
A partir desta sexta-feira, 4 de setembro, o Floripa Shopping recebe a D-Expo, exposição promovida pelos cursos de Design da Universidade do Vale do Itajaí (Univali).

TIM troca chips 3G por 4G gratuitamente em cinco cidades catarinenses

02/09 | Geral
Até o dia 30 de setembro, os clientes TIM das cidades de Florianópolis, Joinville e Balneário Camboriú são convidados a comparecer a uma das lojas da operadora ? próprias ou de parceiros ? e realizar a troca do chip 3G pelo 4G gratuitamente.

Mudança no trânsito para acesso ao Caminho Novo pela BR-101

02/09 | Cidades
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa do Cidadão de Palhoça está promovendo mais uma alteração no trânsito, para facilitar a saída de veículos do Caminho Novo para a paralela da BR-101.