img


Praias da Grande Florianópolis

Pinheira (Palhoça)

A Praia da Pinheira é uma das praias mais freqüentadas de Palhoça, recebendo grande fluxo de turistas de outros estados. Localizada numa enseada a 35km do centro do município e a 48km de Florianópolis. Está dividida em duas praias: Praia de Baixo e Praia de Cima, situadas em oposição uma a outra. Hoje a Praia da Pinheira não é só um povoado com pescadores de tradição açoriana, lojas, farmácias, padarias e pousadas provam que o desenvolvimento chegou ali, porém o progresso não apagou as marcas que caracterizam a praia: os ranchos dos pescadores e a paz da convivência entre os visitantes e nativos.

Veja mais

Guarda do Embaú (Palhoça)

Classificada por uma famosa revista como uma das 10 melhores praias do mundo para a prática do surf, a Guarda faz jus ao título. Bela, ela é o paraíso dos surfistas que a escolheram para ser um dos pontos mais fervilhantes do litoral. A Guarda é uma pequena vila de pescadores, descoberta na década de 70 pelos hippies e pelos surfistas da época, que corriam atrás de boas ondas. Na Guarda desemboca o Rio da Madre e para chegar até a areia, à beira mar, é preciso atravessar o rio a nado ou numa canoa de pescador.

Veja mais

Praia do Sonho (Palhoça)

A Praia do Sonho é a única praia com duas frentes para o mar (norte e leste), com opção de banhos em águas calmas e mar groso, distante 34km do centro de Palhoça, preferida por aqueles que procuram paz e sossego. Da Praia do Sonho é possível avistar a ilhota de Araçatuba – onde fica a Fortaleza de Nossa Senhora da Conceição de Araçatuba e as Ilhas Três Irmãs. Para fazer um passeio até as ilhas os pescadores da região alugam os barcos cobrando pequenas taxas.

Veja mais

Armação da Piedade (Gov Celso Ramos)

No ponta de calma enseada está a mais pequena praia escolhida para a construção da armação baleeira em 1743, concluída três anos mais tarde e utilizada para extração de óleo de baleia até o declínio da atividade por volta de 1850. Atualmente é freqüentada por banhistas. A capela e as ruínas da armação baleeira são atrações do lugar.

Veja mais

Palmas (Gov Celso Ramos)

É a maior praia de Governador Celso Ramos, e também a mais freqüentada por banhistas e surfistas. Preserva lugares históricos, como os engenhos de cana-de-açúcar e a Casa Grande. É fácil de encontrar serviços de bares e restaurantes.

Veja mais

Calheiros (Gov Celso Ramos)

Calheiros tem mar tranqüilo muito frequentado por moradores da região de Ganchos. A vista é bonita, com vários barcos de pesca ancorados. O mesmo acontece na Praia do Canto. Acesso: pela rodovia SC-410. .

Veja mais

Ganchos (Gov Celso Ramos)

A denominação é comum a três localidades e pode confundir o visitante. A enseada de Ganchos povoou-se em função da pesca, distribuída em três núcleos: Ganchos do Meio (ao centro); Canto dos Ganchos (lado Oeste); Ganchos de Fora (avançando no mar). O Distrito foi criado em 1914, com sede em Ganchos do Meio, onde hoje está localicado o centro urbano de Governador Celso Ramos e o núcleo administrativo - prefeitura e secretarias. É formado por baía repleta de embarcações, inclusive de grande porte apropriadas para captura de sardinha, camarão e outros. O mar compõe belo cenário em contraste com o verde das encostas e com o colorido dos barcos de pesca, que podem ser apreciados nos banquinhos dispostos na calçada da Avenida Ganchos. Mas a água não é propícia para banho.

Veja mais

Tinguá (Gov Celso Ramos)

Tinguá, onde encontra-se o hotel do mesmo nome, é muito movimentada durante a temporada e deserta o resto do ano. O mar oferece condições alternadas entre calmo e proício para o surf. .

Veja mais

Praia Grande (Gov Celso Ramos)

Praia muito movimentada durante a temporada de verão. Durante a baixa temporada é praticamente deserta. Sobram as várias casas de veraneio fechadas. Oferece ótimas condições para a prática de surf, desde que o vento seja do quadrante leste. No final da avenida que dá acesso a praia encontram-se bares e restaurantes.. .

Veja mais

Publicidade
Colunistas