img



VARIEDADES

1º Festival Choro Mulheril anuncia seis dias de programação com atrações gratuitas em Florianópolis

Publicado em 13/06/2024


Larissa Trentini
1º Festival Choro Mulheril anuncia seis dias de programação com atrações gratuitas em Florianópolis

Choro Mulheril no palco do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC), durante o TUM Festival




O evento protagonizado por musicistas mulheres acontece de 18 a 23 de junho com oficinas, rodas de choro e shows nacionais como de Nilze Carvalho (RJ).

Mais que uma roda, o Choro Mulheril é um movimento que incentiva o protagonismo feminino na música popular urbana mais antiga do Brasil. Para celebrar o sucesso crescente do coletivo, que se apresenta todo sábado no calçadão da Rua Victor Meirelles, no Centro Histórico de Floripa, este mês acontece a primeira edição do Festival Choro Mulheril, de 18 a 23 de junho, com ações de ensino, formação, apresentações dos estudantes e shows de artistas locais e de grandes nomes nacionais, como de Nilze Carvalho.

A bandolinista e compositora carioca, reconhecida internacionalmente por sua carreira na música popular brasileira, toca no palco principal com as professoras do festival no dia 21/06, sexta-feira, às 20h, na Bugio Centro. “Estou muito feliz em poder estar neste evento que mostra como temos mulheres potentes, profissionais e excelentes musicistas na cena instrumental brasileira. Um protagonismo que conquistamos e ainda temos mais para conquistar. Tô chegando, Floripa! Tô chegando, Mulheril! Vamos fazer um som lindo juntas e vai ser bom demais!”, celebra a artista.

O festival contará com oficinas gratuitas de interpretação para instrumentos solistas, percussivos e harmônicos. A organização recebeu mais de 200  inscrições e selecionou, de acordo com a experiência musical, 170 pessoas, das quais 11 foram contempladas com bolsas de R$ 400,00 para custos de transporte, alimentação e hospedagem.

Segundo Carol Cantelli, produtora do festival e flautista do movimento, “o grande diferencial está em promover um evento de Choro desse tamanho, onde todo o protagonismo é feminino. A apostila de estudo terá obras de compositoras da história do Choro desde as clássicas às contemporâneas, trazendo visibilidade e valorização para a atuação de mulheres profissionais da música. De forma a reivindicar uma transformação necessária na cultura machista que se perpetua no mercado da música, especialmente a instrumental”.

Dividida entre os palcos da Bugio Centro e Bugio Trindade, a programação também inclui o lançamento do documentário “Choro Mulheril: Formação Musical na Linguagem do Choro para Mulheres e Diversidades de Gênero”, de Luiza Pimenta, e rodas de conversa e rodas de chorinho abertas a toda comunidade. O evento é aberto ao público e a entrada é franca.

A realização do 1º Festival Choro Mulheril é garantida com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC), por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura (2023) e pela Lei Paulo Gustavo, por meio do edital 37/2023, da FCC. Apoio: À Brasileira Souvenirs, Bares Bugio, Interclass Hotel e Fundação Franklin Cascaes.

 

PROGRAMAÇÃO GRATUITA COMPLETA:

 

18/06 - ABERTURA DO FESTIVAL

  • 19h20: Lançamento do Documentário Choro Mulheril: Formação Musical na Linguagem do Choro para Mulheres e Diversidades de Gênero, de Luiza Pimenta
  • 19h45: Roda de Choro Aberta com convidadas especiais: Mari Leonel (SC), piano; Fabrícia Piva (SC), violino; Carol Miranda (SC), pandeiro e percussão

Local: Bugio Trindade

 

19/06

  • 19h20: Roda de Choro Aberta com convidadas especiais: Solange Scolaro (SC), violão; Lu Agoglia (ARG), cavaquinho; Fabíola Ortega (CHI), sax soprano; Carol Cherfem (SC), pandeiro

Local: Bugio Centro

 

20/06

  • 19h20: Roda de Choro Aberta com convidadas especiais: Carla Pronsato (SP), piano; Valentina Pérez (ARG), sax tenor; Camila Silva (SP), cavaquinho

Local: Bugio Trindade

 

21/06

  • 19h: SHOW DE ABERTURA: Grupo Mulheril

Solange Scolaro, violão; Mara Paz, cavaquinho; Janete Empandeirada, pandeiro e percussão; Giovana Dutra, pandeiro e percussão; Tammy, clarinete; Mayara Araújo, flauta transversal

  • 20h: SHOW PRINCIPAL: Professoras do Festival e Nilze Carvalho (RJ), no cavaquinho

Angela Coltri (SP), flauta transversal; Daniela Spielmann (RJ), sax tenor e soprano; Thaynan Martins (RS), pandeiro e percussão; Larissa Umaytá (DF), pandeiro e percussão; Natália Livramento (SC), violão sete cordas; Camila Silva (SP), cavaquinho

Local: Palco Bugio Centro

Acessível em Libras

 

22/06

  • 14h: Roda de Conversa com Nilze Carvalho | Acessível em Libras
  • 16h: Roda de Choro Aberta, com Nilze Carvalho e Professoras do Festival

Local: Bugio Centro

 

23/06

  • 14h30: Roda de Conversa com Jeanne de Castro

Tema: Bastidores da Biografia sobre Tia Amélia

  • 15h30: Apresentação dos participantes das oficinas de práticas de conjunto do Festival
  • 17h30: ENCERRAMENTO - Roda de Choro Aberta

Local: Bugio Trindade

 

Serviço

1º Festival Choro Mulheril

Data: 18 a 23/06

Locais: Bugio Centro e Bugio Trindade

Evento gratuito e aberto ao público

Mais informações: https://www.instagram.com/rodadechoromulheril/









Shopping







Leia também ...



















Aqui tem mais notícias para você ler ...

Agenda cultural


Colabore com nosso jornalismo independente, contribuia!


Abra o APP de seu banco.



Editorias
Geral
Cidades
Comunidade
Variedades
Tecnologia
Turismo
Esportes
Diversão
Politica
Musica
Regional
Marketing

Nossa rede
Unique TV
Unique Planalto Norte
Rádio Unique
Sport SC
Trip News
Tech Today
Jornal Trindade
Rádio C4 FM

Publicidade