img

BRASIL

Boletim da Fiocruz mostra sucesso da vacinação contra a covid-19

Publicado em 08/10/2021

Boletim da Fiocruz mostra sucesso da vacinação contra a covid-19

Os pesquisadores da Fiocruz consideram, no entanto, que a população deve ter prudência e continuar usando máscara e mantendo as demais medidas preventivas, como higienização das mãos, distanciamento social e uso de álcool gel, para bloquear a circulação do vírus.


O Boletim Observatório Covid-19, divulgado quinta-feira (7/10) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mostra que o sucesso da vacinação na prevenção de formas graves e fatais da doença é traduzido na redução no número de casos e óbitos, e, ainda, na estagnação na taxa de ocupação de leitos de UTI para adultos no Sistema Único de Saúde (SUS) em patamares baixos, na maioria dos estados.

O Índice de Permanência Domiciliar se encontra próximo de zero desde o mês de julho. Isso significa que a intensidade de circulação de pessoas nas ruas é similar à observada no período pré-pandemia. Os pesquisadores alertam, porém, que essa ausência de distanciamento físico reúne diversas formas de aglomeração, que vão desde o transporte público até atividades de comércio e lazer. 

“Em qualquer dessas situações, há uma exposição prolongada de pessoas em espaços confinados. E isso ocorre com pouco mais de 40% da população com esquema vacinal completo”, adverte a Fiocruz.

Apesar de muitas pessoas em circulação já terem sido imunizadas, as vacinas não previnem completamente a infecção ou a transmissão do vírus, alerta o documento. Por isso, a recomendação dos especialistas é que, até que o país alcance um patamar ideal de cobertura vacinal, estimado em torno de 80%, as medidas de distanciamento físico e prevenção, bem como a adoção do passaporte vacinal, devem ser mantidas. 

Os pesquisadores defendem também que atividades que representem maior concentração e aglomeração de pessoas só sejam realizadas com comprovante de vacinação. Os cientistas que integram o Observatório Covid-19 avaliam que não é prudente, nem oportuno, “falar em prazos concretos e datados para o fim da pandemia”, mas em garantir que sejam tomadas as medidas necessárias para que esse dia possa se aproximar com maior rapidez.

Mortalidade

A mortalidade por covid-19, atualmente, gira em torno de 500 casos por dia. O boletim sinaliza queda expressiva em comparação ao pico registrado em abril, quando foram notificados mais de 3 mil óbitos diários. Mas, apesar da retração, os números ainda demonstram que a transmissão permanece, bem como a incidência de casos graves que exigem cuidados intensivos. 

Ao longo da última semana, foi registrada média de 16.500 casos confirmados e 500 óbitos diários por covid-19. De acordo com o boletim da Fiocruz, isso mostra ligeira alta do número de casos (0,4 % ao dia) e queda no número de óbitos (0,7% ao dia). A circulação de pessoas nas ruas e a positividade de testes permanecem, contudo, elevadas.

Os pesquisadores salientam que o fluxo de notificação irregular pode levar a decisões por vezes inoportunas ou baseadas em dados atrasados e incompletos. Reforçam, porém, que a tendência de estabilidade ou redução desses indicadores, apesar das oscilações apuradas nas últimas semanas epidemiológicas, demonstra que a campanha de vacinação está atingindo um dos seus principais objetivos, que é a redução do impacto da doença, com menos óbitos e casos graves, embora sem o bloqueio da transmissão do vírus. A evolução dos óbitos e da cobertura vacinal chama atenção para o fato que as curvas têm direção oposta, indica o boletim.

Leitos de UTI

O boletim informa que na maioria dos estados, de acordo com dados coletados no dia 4 de outubro, as taxas de ocupação de leitos de UTI covid-19 para adultos no SUS apresentam relativa estabilidade, com índices inferiores a 50%. O Espírito Santo, entretanto, se mantém na zona de alerta intermediário desde 20 de setembro e constitui a exceção mais preocupante, porque, apesar da manutenção no número de leitos, a taxa de ocupação é de 75%. O Distrito Federal, por sua vez, voltou à zona de alerta crítico, com 83%, depois de semanas promovendo a retirada de leitos covid-19.

Ainda de acordo com o boletim da Fiocruz, foram registrados pequenos aumentos nas taxas em Mato Grosso do Sul e Goiás. Esses dois estados tiveram também diminuições na quantidade de leitos abertos, o mesmo ocorrendo em Rondônia, Amazonas, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Pernambuco, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso.

Entre as capitais, o Distrito Federal (83%) está na zona de alerta crítico, segundo o boletim da Fiocruz, e quatro estão na zona de alerta intermediário: Porto Velho (65%), Vitória (73%), Rio de Janeiro (65%) e Porto Alegre (63%). Estão fora da zona de alerta 22 capitais: Rio Branco (2%), Manaus (52%), Boa Vista (45%), Belém (8%), Macapá (12%), Palmas (27%), São Luís (21%), Teresina (37%), Fortaleza (26%), Natal (25%), João Pessoa (14%), Recife (50%), Maceió (45%), Aracaju (16%), Salvador (24%), Belo Horizonte (50%), São Paulo (40%), Curitiba (57%), Florianópolis (44%), Campo Grande (31%), Cuiabá (33%) e Goiânia (42%).

Já entre as unidades da Federação, vinte e cinco aparecem fora da zona de alerta: Rondônia (34%), Acre (4%), Amazonas (27%), Roraima (45%), Pará (23%), Amapá (12%), Tocantins (33%), Maranhão (32%), Piauí (48%), Ceará (32%), Rio Grande do Norte (22%), Paraíba (17%), Pernambuco (50%), Alagoas (29%), Sergipe (16%), Bahia (27%), Minas Gerais (23%), Rio de Janeiro (46%), São Paulo (31%), Paraná (52%), Santa Catarina (39%), Rio Grande do Sul (54%), Mato Grosso do Sul (35%), Mato Grosso (35%) e Goiás (49%).



Com informações de EBC/AGENCIA BRASIL




Inscrições gratuitas para 2ª edição da Corrida da Ponte em Florianópolis encerram neste domingo

03/12 | Geral
Corrida será realizada nos dias 11 e 12 de Dezembro, em Florianópolis.

Piloto catarinense Carlos Renaux disputa, em Interlagos, última etapa da Porsche Endurance Series

03/12 | Esportes
A última corrida da temporada ocorre sábado (4) no templo do automobilismo brasileiro, o Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Bairros da região continental de Florianópolis recebem a visita do Papai Noel

03/12 | Cidades
Durante 17 dias a população poderá acompanhar as atrações itinerantes nos bairros de Florianópolis

Corpo de jovem desaparecida é encontrado em praia de SC

03/12 | Geral
Amanda Albach, de 21 anos, estava desaparecida há 19 dias; O corpo da jovem foi encontrado na Praia do Sol, em Laguna.

Movimentação de carga no Porto de São Francisco cresce 25% em novembro

03/12 | Economia
Os dados foram divulgados pela autoridade portuária.


Fraiburgo dará início a colheita da Maçã

03/12 | Regional
Começa neste mês de dezembro uma das principais atrações turísticas de Fraiburgo. Com duração de cinco meses, a colheita da maçã atraí 10 mil pessoas e aumenta em mais de 50% a movimentação da economia local

Figueirense reativa categorias de base e inicia cadastramento de núcleos e escolinhas

03/12 | Esportes
Inicialmente serão reativadas as categorias Sub-15 e Sub-17.

Veículos adulterados são apreendidos pela Polícia Civil em São José

03/12 | Policia
Na quinta feira (2), a Divisão de Furtos e Roubos de Veículos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, apreendeu no bairro Ponta de Baixo, em São José, um veículo com sinais identificadores adulterados.

Estação Espacial realiza manobra para se desviar de lixo

03/12 | Mundo
Órbita da estação baixou 310 metros

Abertura do Natal da Virada reúne milhares de pessoas em Florianópolis

03/12 | Cidades
O evento foi realizado na noite desta quinta-feira, (2), no largo da Catedral Metropolitana da Capital.

Aeroporto de Florianópolis estreia rota inédita para Salvador neste fim de semana

03/12 | Turismo
É a primeira vez na história que o aeroporto da Capital catarinense tem uma ligação direta com o Nordeste.