img

GERAL

Coronel Araújo Gomes assume Secretaria de Segurança Pública de Florianópolis

Publicado em 22/02/2021

Foto: Cristiano Andujar/PMF
Coronel Araújo Gomes assume Secretaria de Segurança Pública de Florianópolis

Com um extenso currículo e uma vida dedicada à segurança pública, Araújo Gomes acumula conhecimento prático e teórico em diversas áreas relacionadas à segurança pública e gestão de risco. O militar é Coronel da Reserva da Polícia Militar de Santa Catarina, tendo servido na corporação no período de 1985 a 2020. Também é conhecido por trabalhos em consultorias de nível estratégico na área de segurança pública e privada.


O secretário assume a pasta com a missão de construir um modelo de gestão integrado e intersetorial



Siga o Portal da Ilha Digital no Google News


Onde não há SEGURANÇA não há FELICIDADE. Essa é a premissa que vai guiar a nova gestão da Secretaria Municipal de Segurança Pública de Florianópolis, adianta o novo titular da pasta, Comandante Araújo Gomes. Com três décadas e meia de atuação na área de segurança e reconhecido nacionalmente pela capacitação técnica e resultados, o Secretário traz em sua bagagem, um histórico de experiências fundamentais para seu trabalho à frente da Segurança Pública de Florianópolis. Ele assume o comando com a missão de construir, no âmbito local, um modelo de segurança pública de forma integrada e convergente ao município, que também é a Capital do Estado. O desenvolvimento de um projeto metropolitano de segurança que envolverá os municípios vizinhos com integração multilateral também faz parte do plano de trabalho. “Vamos trabalhar para tornar Florianópolis na Capital mais segura do país”, planeja.


As ações vão se concentrar no estabelecimento da ordem para que se reduza riscos e vulnerabilidade aos incidentes e outros desastres naturais. O caráter intersetorial de planejamento, execução e análise de resultados também devem estar presentes como marca da sua nova gestão que, a curto prazo, visa fortalecer o modelo de governança para garantir que todas as ações tomadas para resolver os gargalos atuais da segurança pública tenham fluidez. Atualmente, a pasta da Segurança Pública abrange a Defesa Civil, Guarda Municipal e Superintendência de Serviços Públicos.


“Vamos trabalhar para estabelecer a ordem contra a violência, desordem e outras ocorrências que afetam e limitam as atividades de quem nasce, mora, trabalha ou visita Florianópolis. Enquanto operadores da segurança, o que fazemos é manejar esses riscos, reduzindo a probabilidade dos incidentes que afetam os cidadãos. Em última instância, a população se conscientiza e passa a saber que quando as coisas estiverem fora de controle, confiem que há uma estrutura de governo, de estado, há uma prefeitura com órgãos preparados e habilitados para dar suporte e fazer as coisas voltarem ao normal”, Secretário de Segurança Pública de Florianópolis, Comandante Araújo Gomes.


Gomes destaca que as ações dessa nova gestão da Segurança, vão requerer a integração e cooperação de diversos atores Governamentais e não Governamentais, e por isso vai trabalhar muito próximo às Polícias Estaduais (Civil, Militar e Científica), ao Corpo de Bombeiros e Defesa Civil Estadual, da sociedade civil e representações da sociedade contribuindo para construção de um modelo de governança que aproxime ainda mais estes parceiros.


Ações com base em dados e tecnologia


A ideia é propor um modelo de governança desenvolvido a partir da experiência de Nova Iorque, valorizando o uso de indicadores de desempenho para priorizar e direcionar e priorizando as ações em comum e possibilitando uma avaliação objetiva dos resultados. Para isso, inovação e tecnologia serão aspectos priorizados em sua gestão, a exemplo das iniciativas implantadas quando esteve à frente da Polícia Militar. Com foco no uso intensivo de tecnologia mobile com plataformas que facilitem o trabalho na ponta operacional, análise de dados com aplicações de Business Inteligence (Inteligência de Negócios) e novos canais digitais de acesso e participação do cidadão na produção de segurança, a ideia é ampliar a eficiência, transparência e agilidade das ações. “É preciso reduzir as ações guiadas por intuição e trabalhar com base em fatos e dados, e isso só será possível se as instituições compartilharem suas bases de dados para construirmos um cenário mais completo e real”, destaca o Comandante.


Segurança Pública mais perto do cidadão


Outro aspecto destacado do plano de trabalho é a importância da abordagem interdisciplinar para a proteção das populações mais vulneráveis à criminalidade e violência, em especial, projetos sociais e de criação de renda para trabalhar a prevenção da violência contra mulheres, crianças, idosos, por exemplo. Segundo Gomes, iniciativas de voluntariado e formação de forças-tarefa devem fazer parte dessas ações na área social. Mais próximo do cidadão, de seus problemas e das respostas que ele precisa, o Comandante Araújo Gomes acredita que na Secretaria de Segurança Pública de Florianópolis terá a oportunidade de atuar no nível municipal com caráter de prevenção social e situacional ao crime e violência, em complemento à atuação do Estado, que atua no caráter policial da segurança pública.


Experiência para contribuir

Entre as principais atividades, destacam-se o período em que atuou como: Diretor de Resposta a Desastres do Departamento Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina (2004 e 2005); tendo participado como membro da Delegação Brasileira no Fórum Mundial de Desastres de que produziu a Estratégia Mundial de Redução de Desastres da ONU (Marco de Hyogo - Japão, 2005); Oficial de Estado Maior na área de Operações, Treinamento e Doutrina da Polícia Militar de Santa Catarina (2005 a 2010); e Colaborador convidado do Ministério da Justiça na Organização do Fórum Social Mundial - Oficial de Ligação (Pará, 2008).


Também foi Colaborador convidado do Ministério da Justiça (Oficial de Ligação e Theme Leader) na organização e apresentação do Projeto Olímpico – Tema Segurança aos delegados do Comitê Olímpico Internacional (Rio de Janeiro,2009); Subcomandante da Polícia Militar de Santa Catarina (2017); Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina (2018 a 2020); Secretário de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina (2019); Observador Internacional no Exercício Internacional de Qualificação da Romênia para a FIEP - International Association of Gendarmeries and Police Forces with Military Status (Romênia, 2017); Presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial do Estado (Santa Catarina, 2019); Presidente do Conselho Nacional de Comandantes Gerais de Corpos de Bombeiros e Polícias Militares do Brasil (2019 e 2020), entre outras experiências.


“O sentimento é de desafio e gratidão pela oportunidade de participar da Segurança Pública no nível municipal. Tenho certeza de que aprenderei muito, mas também poderei compartilhar muito do que eu aprendi nesses 35 anos de experiência. A missão está dada e aprendi que missão dada é missão cumprida”,  finaliza o novo Secretário de Segurança Pública de Florianópolis, Comandante Araújo Gomes.


Siga o Portal da Ilha Digital no Instagram, Facebook, Twitter e Youtube







ACATE e SENAI SC lançam programa para formação de desenvolvedores de software

06/03 | Tecnologia
As empresas catarinenses de tecnologia terão a oportunidade de ajudar na formação de novos desenvolvedores de software, profissionais entre os mais buscados e em falta no setor. A Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) e o SENAI SC estão lançando novas turmas do projeto DEVinHouse.

Shopping Iguatemi Florianópolis lança festival para valorizar artistas locais

06/03 | Variedades
O Shopping Iguatemi Florianópolis lança na segunda-feira, dia 8, um Festival de Artes que vai garantir visibilidade para as obras produzidas por artistas plásticos que atuam na capital - sejam eles nascidos ou radicados na cidade.

Prefeitura de São José retoma obras de pavimentação no Bela Vista e Centro Históric

06/03 | Cidades
Os trabalhos estão sendo realizados na Rua Gisela e na Rua Getúlio Vargas

Vacinação em SC: 290 mil doses da vacina contra a Covid-19 foram aplicadas nos grupos prioritários

06/03 | Comunidade
O balanço parcial de vacinação divulgado nesta sexta-feira, 5, pela Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina mostra que Santa Catarina aplicou, até o momento, 290.320 doses da vacina contra o novo coronavírus.


Pelo segundo final de semana, transporte coletivo de Florianópolis será destinado prioritariamente a trabalhadores

05/03 | Cidades
As linhas de transporte executivo estarão suspensas nestes dias.