img

COMUNIDADE

Anvisa divulga orientações para vacinação em farmácias

Publicado em 12/01/2021

Anvisa divulga orientações para vacinação em farmácias

A publicação prevê ainda recomendações para realização de vacinação em farmácias, caso estejam incluídas nas estratégias de campanhas de vacinação do Ministério da Saúde.


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta segunda-feira (11) orientações para a realização de testes rápidos para a investigação de infecção pelo novo coronavírus em farmácias.

O documento é destinado às farmácias e aos serviços de saúde, públicos e privados, que têm permissão para a realização dos testes. A Nota Técnica aborda a execução de testes rápidos, bem como as medidas de prevenção que devem ser adotadas durante a assistência aos casos suspeitos.

Segundo a Anvisa, a orientação se aplica a toda a equipe da farmácia para minimizar o risco de exposição ao vírus para os clientes durante a pandemia da covid-19.

“Como parte do sistema de saúde, as farmácias desempenham um papel importante na dispensação e fornecimento de medicamentos, administração de medicamentos, incluindo as vacinas e serviços de saúde ao público. É importante garantir a função contínua das farmácias durante a pandemia da covid-19. Durante a pandemia, a equipe da farmácia pode minimizar o risco de exposição ao vírus que causa o covid-19 e reduzir o risco para os clientes usando os princípios de prevenção e controle de infecções e distanciamento social”, argumenta a Nota Técnica.

A agência reguladora recomenda o uso de testes para pesquisa de antígeno viral, por exemplo, do tipo RT-PCR e TR-Ag, para diagnosticar infecção aguda. Além disso, informa que não é recomendado o uso de testes rápidos para diagnosticar infecção aguda. O documento ressalta que os resultados do teste rápido não devem ser usados isoladamente para determinar, por exemplo, se alguém pode voltar ao trabalho.

Infraestrutura

A Anvisa orienta que as farmácias que oferecem o exame por meio de coleta de amostra do trato respiratório superior, como as realizadas por meio de swab, sigam recomendações de biossegurança em relação à infraestrutura.

O documento orienta como s farmácias tenham separação física dos corredores de acesso; portas de acesso dupla com fechamento automático; ar de exaustão não recirculante e fluxo de ar negativo.
Segundo a publicação, além de medidas de contenção aos riscos primários, causados aos trabalhadores que lidam com estes agentes, que incluem a autoinoculação, a ingestão e a exposição aos aerossóis infecciosos, para a sala em que será realizada a coleta, devem ser mais enfatizadas as barreiras primárias (equipamentos de segurança) e secundárias (soluções físicas) para que sejam também protegidos os funcionários de áreas contíguas, a comunidade e o meio ambiente contra a exposição aos aerossóis potencialmente infecciosos.

Vacinação

A publicação prevê recomendações para realização de vacinação em farmácias, caso estejam incluídas nas estratégias de campanhas do Ministério da Saúde. A Nota ressalta que os estabelecimentos precisam assegurar requisitos mínimos para garantir a segurança e qualidade, na conservação, aplicação e no monitoramento das vacinas da campanha, bem como, a segurança do vacinado e a dos profissionais de saúde envolvidos.

“Neste quesito, de forma temporária e excepcional, as determinações sanitárias relacionadas à estrutura física podem ser flexibilizadas para as farmácias privadas durante este período da pandemia”.



Com informações de EBC/AGENCIA BRASIL







Presidente Jair Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

25/01 | Brasil
A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.

Justiça bloqueia R$ 600 mil do Sintrasem e autoriza desconto salarial de grevistas

25/01 | Geral
Conforme decisões judiciais dos últimos dias, a Comcap deveria voltar ao trabalho imediatamente.

CASAN emite nota que não explica nada sobre rompimento da lagoa artificial que alagou casas em Florianópolis

25/01 | Comunidade
A CASAN emitiu nota nesta manha em função do rompimento de lagoa artificial de infiltração que recebe efluente tratado da Estação de Tratamento de Esgotos da Lagoa da Conceição.

Equipes intensificam serviços para atender localidades impactadas pelas chuvas em Florianópolis

25/01 | Cidades
Equipes da prefeitura de Florianópolis segue com o direcionamento de equipes e disponibilizando equipamentos para minimizar os impactos causados pelos alagamentos e alto volume de água e rejeitos nas vias públicas

Ruptura em estação de tratamento da CASAN pode ter causado alagamento nas ruas da Lagoa da Conceição

25/01 | Comunidade
Segundo informações dos bombeiros, diversas casas foram alagadas, havia suspeita de vazamento de gás. Avenida das Rendeiras foi totalmente bloqueada nos dois sentidos.

Defesa Civil de Florianópolis alerta para risco de alagamentos e deslizamentos durante madrugada

24/01 | Cidades
O diretor da Defesa Civil Municipal de Florianópolis, Luiz Eduardo Machado, informa que nas próximas horas o volume de água deve continuar crescendo na cidade, pois a chuva deve permanecer constante.