img

GERAL

Sistema de câmeras de segurança compartilhadas ganham os bairros na Grande Florianópolis

Publicado em 22/09/2020

Sistema de câmeras de segurança compartilhadas ganham os bairros na Grande Florianópolis

A rede de monitoramento compartilhada Khronos Ao Vivo aproxima a comunidade local


Os sistemas de segurança tradicionais surgiram suprindo essa necessidade, porém, com investimentos altos, necessitando de equipamentos específicos para armazenamento do conteúdo gerado. Aliando novas tecnologias e a colaboração entre vizinhos, está sendo possível implantar e ter acesso a uma rede de segurança moderna, inteligente, escalável e econômica.

O videomonitoramento colaborativo Khronos Ao Vivo vem revolucionando o setor de segurança no país. Isso porque permite a vigilância de áreas externas com armazenamento de imagens em nuvem, acesso às imagens de todas as câmeras da rua ou bairro, recuperação dos registros de imagem pela linha do tempo, com custos bem inferiores em formatos de assinaturas, sem a necessidade de compra de infraestrutura.

Além disso, outra vantagem do sistema de monitoramento compartilhado é que o acesso pode ser feito em tempo real e através de qualquer dispositivo com internet, como telefone celular, tablet, computador ou notebook. E como mais um recurso, a rede pode ser integrada com órgãos públicos para facilitar em ocorrências mais urgentes. 

Segundo o presidente e fundador da Khronos, “o sistema possibilita o acompanhamento e armazenamento de uma série de ações como a saída e chegada em frente à casa ou trabalho, observação de crianças em áreas de lazer como praças e parques, observação pedestres e carros suspeitos, fiscalização de depredações e ataques ao patrimônio público ou privado, e até mesmo abandono de animais, isso humaniza a segurança e as imagens podem ser fornecidas à polícia auxiliando em casos necessários”, explica Sionésio Correa de Souza.








Projeto Ilha de Encantaria será transmitido ao vivo nesta quarta e quinta

28/10 | Cultura
A contação de histórias para crianças e adultos traz a Palhaçaria para reviver en-cantos de Florianópolis em transmissão ao vivo no Youtube da Traço Cia de Teatro.

Redação dissertativa: Como fazer uma dissertação em prosa?

27/10 | Comunidade
Digamos que você precisa realizar a produção de uma redação para um concurso ou vestibular.

Santa Catarina vacinou 169 mil crianças contra a paralisia infantil

27/10 | Geral
Santa Catarina vacinou, até o momento, cerca de 169 mil crianças contra a poliomielite, o que corresponde a 49,2% do público-alvo, que é de 342,8 mil crianças de 1 a menores de 5 anos de idade em todo o estado. No Brasil, cerca de 7 milhões de crianças ainda não foram vacinadas contra a paralisia infantil. Até o momento, da população-alvo estimada de 11,2 milhões, somente 4 milhões (20,31%) foram vacinadas contra a pólio.

Câmara Municipal de Florianópolis amplia tempo de validade de certidão emitidas para facilitar empreendedorismo

27/10 | Politica
Com as alterações aprovadas na tarde de segunda-feira (19) o prazo passa a ser de 60 dias. 

Semana da Dança UFSC será totalmente online e gratuita

27/10 | Cultura
Ampla programação, que ocorre de 16 a 22 de novembro, exibe espetáculos, oficinas, cursos, lives e imersões artísticas nas mídias digitais do projeto

Cerca de 7 milhões de crianças ainda não foram vacinadas contra a paralisia infantil

27/10 | Comunidade
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite segue até 30 de outubro e tem como população-alvo estimada cerca de 11,2 milhões de crianças de 1 a menores de 5 anos