img

CIDADES

Palhoça é inserida nas rotas turísticas do Ministério do Turismo

Publicado em 14/06/2019
Palhoça é inserida nas rotas turísticas do Ministério do Turismo

No Dia do Turista, celebrado em 13 de junho, município comemora seleção em programa de turismo do governo federal



Palhoça foi uma das 158 cidades do Brasil selecionadas pelo Ministério do Turismo para 30 rotas turísticas, que serão beneficiadas com investimentos do Investe Turismo, um programa do governo federal em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Embratur.

 

Na região da Grande Florianópolis, foram selecionadas as cidades de Palhoça e Florianópolis, que fazem parte da rota turística denominada Serra-Mar Catarinense, juntamente com os municípios de Garopaba, Imbituba, Laguna, Balneário Camboriú, Bombinhas, Penha, Porto Belo, Blumenau, Brusque, Itajaí, Timbó, Pomerode, São Francisco do Sul, Joinville, Lages, São Joaquim e Urubici.

Para o prefeito Camilo Martins, a inclusão representa a relevância do município no contexto turístico de Santa Catarina. “Essa escolha é um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido na área do turismo e, ao mesmo tempo, uma oportunidade para fortalecer nossa competitividade como destino turístico, acelerando o desenvolvimento da cidade, aumentando a qualidade dos serviços e gerando empregos”, estima.

O secretário municipal de Turismo, Adriano Mattos, afirma que a inclusão de Palhoça na rota turística Serra-Mar Catarinense se deve a diversas iniciativas do poder público, nos últimos anos. “A cada temporada de verão, nossas praias recebem cerca de 100 mil turistas e, para atender esse fluxo, a Prefeitura investe constantemente na melhoria de serviços, como banheiros químicos e duchas nas praias, arenas esportivas, orla iluminada, lixeiras e contêineres, instalação de Centros de Atendimento ao Turista – CAT, distribuição de pulseiras de identificação para crianças, fiscalização e agentes de trânsito nas praias”.

O secretário cita, ainda, o projeto Acesso ao Mar (cadeiras anfíbias para portadores de necessidades especiais), construção de um deck de passeio suspenso na Praia do Sonho, limpeza diária das praias, mapeamento das trilhas ecológicas, além da elaboração de um Roteiro Gastronômico, estudos para a rota de cicloturismo na Região da Grande Florianópolis, a realização de eventos que preservam a cultura local, como a Açor Festa e a atuação na Instância de Governança da Região Turística da Grande Florianópolis, enumera Adriano Mattos.

Palhoça vem sendo frequentemente reconhecida na área turística. Em 2017, participou da Feira BNT Mercosul em Itajaí e foi incluída na Associação Caminhos da Imigração Alemã.

Segundo dados do governo federal, os destinos turísticos escolhidos pelo programa responderam, em 2018, por 50,1% do fluxo de turistas nacionais e 79,1% de estrangeiros que visitam o Brasil.

Palhoça está inserida na categoria B da classificação do Ministério do Turismo, que vai visitar o município juntamente com o Sebrae, na próxima terça-feira (18), para analisar as necessidades de investimentos na rede hoteleira, gastronômica e de infraestrutura.