Ao Vivo

Campeonato Regional de Futsal da Grande Florianópolis - 09 de junho de 2018



Valdeci Motta entrevista Nei Garcia da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias

Confira a entrevista com os diretores do musical Aladdin, o Musical

Cognópolis deverá ser criado em Florianópolis com ajuda de voluntários da Conscienciologia

Entrevista com Marcelo Repetto diretor regional da Claro Brasil

Especialistas explicam sobre criptomoedas e blockchain em Florianópolis

img
GERAL

IFSC disponibiliza mais de 1.900 vagas em 49 cursos técnicos e modalidade Proeja

Publicado em 12/06/2018 - 22:33:24

As inscrições estão abertas até 3 de julho e o processo seletivo será feito por meio de sorteio público em 5 de julho


Foto Ilustrativa
IFSC disponibiliza mais de 1.900 vagas em 49 cursos técnicos e modalidade Proeja

Estão abertas até 3 de julho as inscrições para os processos seletivos de cursos técnicosem 19 câmpus do IFSC. São 1.937 vagas em 49 cursos técnicos concomitantes, subsequentes, integrados e na modalidade Proeja (que integra ensino técnico com educação de jovens e adultos). As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo Portal de Inscrições do IFSC.

 Os cursos técnicos concomitantes possibilitam ao aluno cursar paralelamente o ensino profissionalizante no IFSC e o ensino médio em outra instituição. O pré-requisito é ter a primeira série do ensino médio completa. Já os cursos técnicos integrados são aqueles em que o estudante faz o ensino médio e o profissionalizante juntos dentro do IFSC.

 Os cursos técnicos subsequentes são destinados a pessoas que já concluíram o ensino médio. Por fim, os cursos Proeja unem o ensino fundamental ou médio com o profissionalizante dentro do IFSC, mas para pessoas com pelo menos 15 anos (ensino fundamental) ou 18 anos (ensino médio).

O processo seletivo para todos os cursos será feito por meio de sorteio público em 5 de julho. O sorteio vai considerar a reserva de 50% das vagas para candidatos oriundos de escola pública e as subdivisões dentro dessa reserva de vagas, que usam critérios socioeconômicos e raciais e, ainda, as cotas para pessoas com deficiência (PCD).

Saiba mais no site do IFSC.