Portal da Ilha no Youtube Portal da Ilha no Facebook Portal da Ilha no Google+ Portal da Ilha no Twitter
Capa do Portal da Ilha


Notícias

GERAL

Programa Mais Médicos dará prioridade a 39 municípios em Santa Catarina

Publicado em 10/07/2013 às 19:32:43

O programa Mais Médicos lançado pelo Governo Federal nesta semana ampliará a presença destes profissionais nas regiões carentes do país, como os municípios do interior e periferias das grandes cidades.


Instituída por medida provisória pela Presidenta da República, Dilma Rousseff, a iniciativa ofertará bolsa de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde, aos médicos que atuarão na atenção básica da rede pública de saúde. Terão prioridade na alocação desses profissionais 1.557 municípios de maior vulnerabilidade social, sendo 125 no Sul e 39 de Santa Catarina.

“A questão fundamental é: faltam médicos no Brasil e essas medidas visam solucionar essa carência, principalmente na atenção básica. Precisamos mudar a mentalidade de que o sistema de saúde está centrado apenas nos hospitais, por isso estamos fazendo esse esforço de levar médicos para mais perto da população”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Além de levar médicos para as regiões carentes, o governo federal instituiu uma mudança na grade curricular dos cursos de Medicina para qualificar a formação dos profissionais. Aos seis anos de graduação em Medicina foi acrescentado um ciclo de dois anos durante o qual o estudante vai atuar com CRM provisório na atenção básica e nos serviços de urgência e emergência da rede pública de saúde. A mudança curricular entrará em vigor a partir de janeiro de 2015. O Ministério da Educação projeta abrir 11.447 novos postos de graduação e 12 mil novas vagas de residência até 2017.

“Precisamos de ações capazes de fixar os médicos no interior e essas medidas vem ao encontro dessa necessidade. Este é um momento histórico, estamos dando um passo muito importante para a expansão dos cursos de Medicina”, declarou o secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC), Paulo Speller.

As medidas, regulamentadas por portaria conjunta dos ministérios da Saúde e da Educação, integram o Pacto pela Saúde, lançado pela presidenta Dilma em reunião com governadores e prefeitos de capitais no último dia 24, que prevê a aceleração de investimentos por mais e melhores hospitais e unidades de saúde e por mais médicos, totalizando R$ 15 bilhões até 2014. Deste montante, R$ 7,4 bilhões já estão contratados para construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs 24h) e de 15.977 unidades básicas. Outros R$ 5,5 bilhões serão usados na construção, reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs, além de R$ 2 bilhões para 14 hospitais universitários.

Para selecionar e levar os profissionais às regiões carentes, serão lançados três editais: um para atração de médicos; outro para adesão dos municípios que desejam admiti-los; e um último para selecionar as instituições supervisoras.

Será aceita a participação de médicos formados no Brasil, que terão prioridade no preenchimento das vagas, e também a de graduados em outros países, com preferência para brasileiros. Os estrangeiros só ocuparão as vagas remanescentes após a escolha destes dois grupos.  “Não vai haver disputa de mercado entre médicos brasileiros e estrangeiros. A abertura de novas vagas vai aquecer o mercado brasileiro para os médicos”, esclareceu o ministro.

No caso dos médicos formados no exterior, só poderão participar aqueles oriundos de faculdades de medicina com tempo de formação equivalente ao brasileiro, com conhecimento em Língua Portuguesa, detentores de autorização para livre exercício da Medicina em seu país de origem e vindos de países onde a proporção de médicos para cada grupo de mil habitantes é superior à brasileira, hoje de 1,8 médicos/1 mil habitantes.

Já para os municípios, será preciso oferecer moradia e alimentação dos médicos, além de ter de acessar recursos do Ministério da Saúde para construção, reforma e ampliação das unidades básicas. Em todo o Brasil, os investimentos federais só na qualificação destes equipamentos de saúde somam R$ 2,8 bilhões, sendo 91,4 milhões para Santa Catarina.

Além dos 1.557 municípios de maior vulnerabilidade social, também terão prioridade 25 Distritos Sanitários Especiais Indígenas no país.

Programa Mais Médicos dará prioridade a 39 municípios em Santa Catarina


Qual o serviço que você procura?




Leia mais
Teliana Pereira faz história e conquista o Brasil Tennis Cup em Florianópolis

A brasileira Teliana Pereira é a grande campeã do Brasil Tennis Cup 2015, realizado entre os dias 25 de julho e 1 de agosto, nas quadras de saibro do Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.

Florianópolis é campeã de xadrez nos Joguinhos Abertos de SC

Depois de horas de concentração e dedicação em batalhas disputadas em silêncio, a equipe masculina de xadrez da Fundação Municipal de Esportes de Florianópolis garantiu o troféu de campeão geral da modalidade, nos Joguinhos Abertos de SC, em Itajaí.

Fenaostra não terá ambulantes licenciados pela Prefeitura de Florianópolis

Não haverá credenciamento de ambulantes para a edição da Fenaostra deste ano. Com isso, fica proibida a venda de qualquer gênero alimentício ou bebida nas imediações do CentroSul entre os dias 16 e 20 de setembro. Fiscais da SESP estarão no local para garantir o cumprimento desta diretriz.

Quatro brasileiros avançam para a próxima fase US Open na WSL

Quatro brasileiros se classificaram para as oitavas de final do Vans US Open of Surfing, que serão disputadas neste sábado a partir das 7h30 na Califórnia, 11h30 pelo fuso horário de Brasília.

Rede inteligente pode ser a solução para reduzir gasto com energia

O uso racional da energia torna-se, a cada ano, um desafio para toda a sociedade - seja na indústria, nas áreas de comércio e serviços e nas residências. No caso específico do Brasil, que tem enfrentado o desabastecimento em vários reservatórios e um aumento de 60% do custo de energia em pouco mais de um ano, o consumo eficiente é peça chave para a redução de custos e a sustentabilidade ambiental.

Udesc promove nova edição do projeto Música no Cefid com dois shows gratuitos

Na segunda-feira, 3, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) promoverá a segunda edição do projeto Música no Cefid no Bairro Coqueiros, em Florianópolis, com apresentações gratuitas do músico Léo Vieira, às 11h30, e do Duo Multueira, às 17h30.

Leia mais notícias

Comente a notícia



Guia de Serviços
Cadastre sua empresa





CANAIS COLUNISTAS NOSSOS SITES PARCEIROS
NOTÍCIAS
TURISMO
PASSEIO VIRTUAL
FUTEBOL
CIDADES
PRAIAS
MAPAS
DIVERSÃO
VÍDEOS
CULTURA
FOTOS

PAULO LUÍS CORDEIRO
LUIZA GUTIERREZ
ANDRÉIA DE MARCHI
CP GOMES
HELDER CALDEIRA
JEFF SEVERINO
PATRICIA RAMOS
JESSICA KRIEGER
JOSÉ CAJAÍBA

TRIP NEWS BRASIL
CAFÉ COM POLENTA
RESENHA DIGITAL
RÁDIO MAIS FLORIPA
SPORTSC
CINE RESENHA
FENAOSTRA
BEM GATA

SOCIAL MEDIA

GOOGLE+
TWITTER
YOUTUBE
FACEBOOK

FOLHA DO NORTE DA ILHA
AVESSO TV
INOVAR SC
PRIMERTV

SERVIÇOS

CLUBE DOS AMIGOS
FALE CONOSCO

AG PORTAL

Portal Associado

Direitos Reservados (c) 1998-2015 - Portal da Ilha Comunicações Ltda. | Fale com a redação: +55 (48) 3091-2588 - imprensa@portaldailha.com.br