img

COMUNIDADE

Congresso em Florianópolis debate futuro da biodiversidade marinha

Publicado em 16/05/2013
Future of Marine Animal Populations
Congresso em Florianópolis debate futuro da biodiversidade marinha

Especialista em impacto da pesca na biodiversidade marinha, Boris Worm far a conferncia de abertura.


Um dos maiores especialistas mundiais sobre o impacto da pesca no meio ambiente, Boris Worm estará em Florianópolis como convidado especial do 4º Congresso Brasileiro de Biologia Marinha (CBBM). Boris Worm falará sobre a perda mundial da biodiversidade marinha e sua conexão com a atividade pesqueira.



Sediado pela primeira vez na região sul, o CBBM será realizado no Costão do Santinho de 19 a 23 de maio. A conferência de Boris Worm será no domingo, 19 de maio, às 18h45min, no Salão Açores.
 
O evento também será oportunidade para conhecer dados inéditos do maior levantamento da biodiversidade recifal brasileira, na palestra “Macroecologia e conservação de ambientes recifais brasileiros”. Ministrada pelo professor da UFSC e membro da comissão científica do CBBM, Sergio Floeter, a palestra trará dados levantados pela Rede Sisbiota-Mar, que desde 2011 integra pesquisadores de oito instituições de ensino em 25 projetos no território oceânico brasileiro. A palestra do professor Sergio será no dia 22 de maio, quarta-feira, às 9h.
 
Estão programadas também apresentações de pesquisas sobre ataques de tubarões em Recife, a grande barreira de corais da Austrália e as consequências para os plânctons da aplicação de herbicidas em lavouras, entre outros temas. O professor do Departamento de Aquicultura da UFSC, Luís Alejandro Vinatea Arana, apresentará uma palestra sobre controle da qualidade da água em cultivos super-intensivos de camarões marinhos.
 
Além da presença dos professores da Universidade, cerca de dez alunos do Centro de Ciências Biológicas farão apresentações orais. O evento é organizado pela Associação Brasileira de Biologia Marinha e tem na comissão científica a participação de professores da UFSC.




Veja mais em
http://www.abbm.net.br/programacao